Em SP, lojas são depredadas durante tumulto na Cracolândia

Paulo Roberto Netto

São Paulo

Um confronto entre policiais e usuários de droga terminou em depredação na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, na noite desta quarta-feira, 11. Segundo a Polícia Militar, uma lotérica, uma agência bancária e algumas lojas na região foram depredadas.

Bombas de gás foram lançadas para dispersar o grupo, que se concentrava no entorno da Praça Júlio Prestes, na avenida Duque de Caxias. Os usuários de droga construíram barricadas, fizeram fogueiras e atiraram pedras contra os policiais. Uma viatura foi atingida.

As portas de uma agência bancária foram quebradas durante o tumulto. Segundo comerciantes da região, houve correria pelo bairro.

Os militares foram acionados pela Guarda Civil Metropolitana por volta das 20h30 e permanecem na região até o início da madrugada desta quinta-feira, 12, para patrulhamento. O grupo de usuários foi disperso e se espalhou pelas ruas da região.

Não se sabe os motivos que levaram ao tumulto, mas informações iniciais mostram que o problema pode ter começado durante uma operação rotineira de limpeza, feita por funcionários da Prefeitura, com apoio de guardas civis metropolitanos. Não há informações sobre feridos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos