Presidente do PDT celebra índice de Ciro no Datafolha, mas admite preocupação com Bolsonaro

Lígia Formenti

Brasília

  • Gabriel Cabral/Folhapress

    12.mar.2018 - Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, participa de evento em SP

    12.mar.2018 - Ciro Gomes, pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, participa de evento em SP

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, disse estar satisfeito com o desempenho de Ciro Gomes, pré-candidato da legenda, na mais recente pesquisa Datafolha sobre a eleição presidencial 2018, publicada neste domingo (15).

No cenário em que Lula não participaria da disputa, Ciro Gomes conta com 9% das intenções de voto, empatado com o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) e com o ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa. "O resultado está bom. Está dentro do que a gente havia previsto. Agora é avançar", resumiu Lupi.

Leia também:

Ele observa que, numa eleição pulverizada, onde vários partidos apresentam candidatos, já era esperado que, num primeiro momento, o cenário ficasse um pouco indefinido. O presidente do PDT disse acreditar que, se Lula não estiver na disputa, boa parte dos votos do líder petista pode migrar para o candidato da sua legenda. Sobretudo no Nordeste.

O presidente do PDT, no entanto, não escondeu sua preocupação com a persistência da intenção de votos de Bolsonaro. Ele afirmou que, num primeiro momento, acreditava que o maior adversário de Ciro (num cenário sem Lula) seria o ex-governador Alckmin.

"Imaginávamos que haveria uma queda de Bolsonaro", disse. "Mas hoje eu não sei. Ele está conseguindo se manter. Seu eleitorado acredita que a solução da violência é a pena de morte. É algo muito preocupante."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos