Protesto contra preço do combustível paralisa ônibus em Sorocaba (SP)

José Maria Tomazela

Sorocaba

Os terminais de transporte coletivo de Sorocaba, cidade do interior de São Paulo, amanheceram vazios nesta quarta-feira, 30. Uma greve convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Sorocaba e Região paralisou totalmente a frota.

Conforme o sindicato, a paralisação é pela redução nos preços dos combustíveis, incluindo o gás de cozinha, e afeta também o transporte intermunicipal. A previsão é de que os ônibus voltem a circular depois das 10h.

A cidade já estava com o transporte reduzido em decorrência da greve dos caminhoneiros. Cerca de 180 mil usuários foram afetados. Numa antecipação do feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira, 31, os passageiros também não foram aos pontos de ônibus, preferindo ficar em casa. Muitas pessoas estão sem combustível até para ir ao trabalho. O transporte intermunicipal também parou em Votorantim, Itapetininga e São Roque, afetando usuários de 25 cidades da região.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos