PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Bolsonaro diz à Record que mandou militares para 'salvar vidas' em Brumadinho

Daniel Galvão

São Paulo

25/01/2019 19h01

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 25, em entrevista ao programa "Cidade Alerta", da Rede Record, que o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, determinou o envio de militares da 4.ª Brigada de Infantaria a Brumadinho, na Grande Belo Horizonte, para "salvar vidas" de vítimas do rompimento da barragem ocorrido nesta sexta-feira, 25.

Bolsonaro afirmou também que o presidente da Vale, Fábio Schvartsman, entrou em contato e se mostrou bastante abalado com a tragédia. O presidente disse que Schvartsman relatou que haviam sido tomadas todas as medidas para que a tragédia não acontecesse.

Bolsonaro confirmou que estará amanhã em Minas Gerais para acompanhar os desdobramentos do rompimento da barragem. Ele estará acompanhado de ministros e do presidente da Vale. "Aceitei que o presidente da Vale se incorporasse à comitiva que irá amanhã a Minas Gerais", disse. O presidente declarou ainda esperar que o pior não tenha acontecido com os 200 desaparecidos após o rompimento.

Cotidiano