Topo

Bolsonaro diz que não é ditador e que nada pode fazer se decreto de armas cair

 18.jun.2018 - O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de hasteamento da bandeira nacional no Palácio do Planalto - Gabriela Biló/Estadão Conteúdo
18.jun.2018 - O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia de hasteamento da bandeira nacional no Palácio do Planalto Imagem: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

Amanda Pupo

Brasília

18/06/2019 11h16

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje que é um "democrata", e não um "ditador", ao responder sobre o que faria caso o Congresso Nacional derrube o decreto de armas editado por ele. "Eu não posso fazer nada, não sou um ditador, sou democrata", disse.

Ele voltou a defender o decreto, e disse que tem conversado com senadores sobre o tema. O Senado deve decidir nesta terça-feira se derruba ou não o texto assinado por Bolsonaro que flexibilizou o porte de armas no Brasil.

Na semana passada, a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou os projetos que anulam o ato do presidente.

A Constituição Federal permite que o Congresso derrube um decreto que ultrapasse o poder regulamentar ou que trate de algo limitado exclusivamente ao Legislativo. Neste caso, o projeto de decreto legislativo precisa passar pelo plenário do Senado e pela Câmara dos Deputados para ser aprovado.

Tenho conversado, sim, com senadores, explicando, conversando. Sabemos que no Brasil hoje em dia quem está à margem da lei está armado. Nada mais estou fazendo do que atendendo à vontade do povo expressa nas urnas em 2005 por ocasião do referendo

Jair Bolsonaro, presidente da República

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Governo Bolsonaro