Topo

Menino de 9 anos é ferido em operação policial no Rio de Janeiro

Fábio Grellet

No Rio de Janeiro

15/08/2019 20h45

Um menino de 9 anos ficou ferido durante uma operação da Polícia Militar (PM) em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, na manhã de hoje. Ferido por pedaços de um muro que se despedaçou ao ser atingido por tiros, o menino foi socorrido e passa bem.

A criança mora na favela Novo México e estava caminhando rumo à própria casa, segundo a polícia, quando criminosos em um Honda Civic reagiram a tiros à aproximação de um grupo de policiais do 7º Batalhão (Alcântara), que passava em viaturas.

Segundo a PM, só os criminosos atiraram - os policiais não reagiram, e apenas saltaram dos veículos, para se proteger. Nenhum PM foi atingido.

O menino conseguiu escapar dos tiros. Ele foi socorrido pelos próprios PMs e levado ao Hospital Estadual Alberto Torres, onde foi atendido e já recebeu alta.

A operação na favela Novo México tinha o objetivo de reprimir o roubo de cargas e o tráfico de drogas, segundo informou a PM.

Adolescente morta

A investigação que tenta identificar quem disparou os tiros que atingiram e mataram a adolescente Margareth Teixeira da Costa, 17, na noite de anteontem, na comunidade 48, em Bangu, na zona oeste do Rio, passou hoje para a Delegacia de Homicídios do Rio - antes era realizada pela 34ª DP (Bangu).

Margareth estava com o filho de um ano e 10 meses e seguia para a igreja quando foi alvejada por balas perdidas. A Polícia Militar fazia uma operação no bairro, naquele momento. O laudo que vai definir quantos tiros atingiram a adolescente ainda não foi divulgado pelo Instituto Médico Legal (IML). Segundo familiares, pelo menos três tiros acertaram a mulher. O corpo tem mais perfurações, mas podem ser de entrada e saída do mesmo tiro.

Mais Cotidiano