Topo

Maia: pacote anticrime está 'quase maduro' e poderá ser votado em algumas semanas

André Ítalo Rocha e Bárbara Nascimento

São Paulo

23/08/2019 17h32

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira, 23, que o projeto anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro, está "quase maduro" e acredita que, "com mais algumas semanas", poderá ir para votação no plenário.

Maia disse que tem dialogado com Moro e com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que foi ministro da Justiça no governo Michel Temer. "A intenção é diálogo de forma transparente, para colocar os pontos em que estamos tendo polêmica, que tenha maioria ou não, para que todos entendam aquilo que vai a plenário", afirmou.

O presidente da Câmara deu as declarações após ter participado de evento da Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), que entregou ao parlamentar um parecer crítico ao projeto de Moro.

Maia disse que ainda não leu o relatório, mas disse que todos os pontos de vista são bem-vindos. "Não existe verdade absoluta, ainda mais no Direito, que é subjetivo", afirmou.

Ele garantiu que o texto será avaliado e encaminhado para a comissão da Câmara que analisará o projeto anticrime.

Mais Cotidiano