PUBLICIDADE
Topo

Mansueto: fundos da Europa e Canadá enfatizam discussões sobre o meio ambiente

Eduardo Rodrigues e Idiana Tomazelli

Brasília

28/01/2020 17h58

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, avaliou nesta terça-feira, 28, que as discussões sobre a proteção do meio ambiente são muito importantes e confirmou que os fundos de investimento que procuram o governo enfatizam essa questão.

"Esse é um movimento global. Fundos da Europa e do Canadá enfatizam muito essa questão, assim como empresas. A questão é de esclarecimento. Precisamos mostrar que o País se importa com isso", respondeu.

Para Mansueto, a criação do Conselho da Amazônia, a ser chefiado pelo vice-presidente Hamilton Mourão, será uma iniciativa importante nesse sentido.

O secretário do Tesouro negou que as discussões ambientais possam estar por trás da redução da participação de investidores estrangeiros na dívida pública em 2019. A fatia dos investidores estrangeiros no estoque da Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) passou de 11,22% no fim de 2018 para 10,43% no mês passado.

"O investidor estava com dúvidas sobre a capacidade de aprovação de reformas no ano passado. Mas agora o cenário brasileiro passou a ser bastante interessante para o investidor estrangeiro. O País terá um crescimento maior da economia em 2020", acrescentou.

Cotidiano