PUBLICIDADE
Topo

Senado realizará sessão presencial em agosto; atividades pararam em março

As atividades presenciais do plenário do Senado e das comissões permanentes da Casa foram suspensas em março - Jorge Silva
As atividades presenciais do plenário do Senado e das comissões permanentes da Casa foram suspensas em março Imagem: Jorge Silva

Marlla Sabino

Do Estadão Conteúdo, em Brasília

07/07/2020 14h10

O Senado Federal vai realizar sessão presencial para analisar indicações de autoridades em agosto. Contudo, a votação poderá ser adiada para setembro, a depender da situação da pandemia do novo coronavírus. As datas foram acordadas hoje em reunião de líderes.

As atividades presenciais do plenário do Senado e das comissões permanentes da Casa foram suspensas em março. Deste então, as sessões são realizadas por meio de um sistema remoto.

As votações de indicações do Executivo, no entanto, estão travadas pois exigem voto secreto. Os líderes também decidiram que as sessões do Plenário da segunda quinzena julho e agosto serão realizadas duas vezes por semanas, às quartas-feiras e quintas-feiras.

Política