PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

'Ninguém sabe quando vai acabar a pandemia', diz Teich na CPI da Covid

05/05/2021 13h42

Brasília - O ex-ministro da Saúde Nelson Teich avaliou em depoimento à CPI da Covid nesta quarta-feira que a situação enfrentada pela pandemia do novo coronavírus hoje é a mesma realidade dos primeiros meses da existência do vírus no País. Teich citou o problema do surgimento de variantes do novo coronavírus e as incertezas que envolvem as vacinas. "Então aquela realidade daquele momento é a mesma realidade de hoje. Quando é que isso vai acabar, que tamanho que vai ser esse problema, a gente ainda não sabe", afirmou Teich.

"Em relação à calamidade, à situação, eu me lembro, eu acho que foi a primeira coletiva, que em perguntaram quando é que ia acabar pandemia, onde é que isso ia chegar, e eu me lembro que eu falei, 'olha, eu não sei, ninguém sabe', porque naquela época tinha muito modelo matemático, muita projeção que era feita, e o que que acontece? A pandemia, ela traz uma situação única, ela tem uma extrema incerteza, um extremo desconhecimento", respondeu Teich.

Por isso, o ex-ministro defendeu medidas de isolamento, testagem e rastreamento. "Nosso sistema foi eficiente? Não, eu sei porque alguns tiveram sucesso, eu tenho base de comparação", comentou.

Amanda Pupo e Matheus de Souza

Cotidiano