PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Países mais ricos devem liberar verba para acelerar vacinação pelo mundo, diz OMS

14/06/2021 14h12

São Paulo - A Organização Mundial de Saúde (OMS) cobrou mais verba dos países mais ricos para disseminar a vacinação contra a covid-19 pelo mundo. Durante entrevista coletiva, o diretor-geral da entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus, advertiu que, com cepas mais contagiosas, os riscos aumentaram para as pessoas ainda não vacinadas, que são a maioria.

Nesse contexto, a OMS voltou a insistir na necessidade de que as nações mais ricas liberem verba para reforçar essa imunização.

O diretor geral, Michael Ryan, por exemplo, comparou que a verba necessária seria equivalente a cerca de 1% do gasto anual com defesa no mundo.

O diretor-geral da OMS reafirmou a meta de que 70% da população seja vacinada, a fim de acabar com a pandemia.

Segundo ele, para isso são necessário 11 bilhões de doses, o que o G-7 e o G-20 podem viabilizar. Além disso, Tedros cobrou ajuda das nações mais ricas para apoiar a logística de distribuição de vacinas pelo mundo.

Gabriel Bueno da Costa e Ilana Cardial

Cotidiano