PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Tucano assume Secretaria de Assistência Social na cidade de SP

Adriana Ferraz

São Paulo

15/10/2021 08h24

O vereador Carlos Bezerra Júnior (PSDB) assumiu o comando da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) na segunda troca promovida pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) no primeiro escalão desde que assumiu o cargo em definitivo.

Evangélico, o tucano é ligado à ala mais à esquerda do partido e tem feito críticas constantes à condução do presidente Jair Bolsonaro da pandemia de covid-19 no País. Ele substitui Berenice Maria Giannella, nome reconhecido na área e quadro histórico do PSDB.

Apesar de confirmada só agora, durante o processo de negociação com a Câmara para a aprovação da reforma da Previdência, a ida de Bezerra para a Smads era tratada como uma questão de tempo. Ela serve como uma espécie de prova de fidelidade de Nunes ao PSDB depois da morte de Bruno Covas. Berenice era escolha técnica; Bezerra é um quadro político.

Pelas redes sociais, o novo secretário classificou a função como uma "missão que encara com responsabilidade e compromisso".

Além de agradar ao partido que venceu as eleições no ano passado, a troca também vai ao encontro dos planos de Nunes para a área social. Ainda como vice-prefeito, o emedebista indicava o desejo de mudar a conduta municipal relativa a moradores de rua e usuários de crack. Contrário à política de redução de danos praticada por Covas, Nunes defende uma intervenção maior do Estado no que diz respeito às opções de tratamento oferecidas, como internações em clínicas gerenciadas por entidades religiosas.

Ao pedir licença para assumir o cargo, a cadeira de Bezerra passou para o também tucano Daniel Annenberg .

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cotidiano