PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
3 meses

Bolsonaro participa de solenidade em colégio militar onde matriculou filha

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada na manhã de hoje para participar de solenidade do Colégio Militar de Brasília - Clauber Cleber Caetano/PR
Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada na manhã de hoje para participar de solenidade do Colégio Militar de Brasília Imagem: Clauber Cleber Caetano/PR

Eduardo Rodrigues

Estadão Conteúdo, Brasília

29/01/2022 10h01Atualizada em 29/01/2022 10h28

O presidente Jair Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada e chegou há pouco ao Colégio Militar de Brasília (CMB). A filha mais nova do presidente, Laura Bolsonaro, cursará o 6º ano na instituição em 2022. Bolsonaro participa de solenidade ao lado dos ministros da Defesa, Walter Braga Netto, e do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno.

De acordo com o site do CMB, os 540 novos alunos do colégio participam desde segunda-feira (24) do período de adaptação, também chamado de "Semana Zero" com uma série de atividades antes do início do período letivo, na próxima segunda-feira (31).

"O período tem como objetivo apresentar aos novos integrantes da Família Garança os conhecimentos necessários para o início do ano letivo. São ministradas aulas teóricas e práticas, onde são abordados temas como: a rotina do aluno, o uso correto dos uniformes, hierarquia, respeito, disciplina, culto às tradições, valores, noções sobre o regime disciplinar do Colégio e, ainda, ordem unida", destaca o colégio.

O ingresso da filha de Bolsonaro no CMB ocorreu de maneira extraordinária, sem passar pelo tradicional e concorrido processo seletivo da instituição. O Exército informou no ano passado que a matrícula seguiu os trâmites legais considerando que o presidente seria um "capitão da reserva", apesar de Bolsonaro ter sido reformado.

Política