PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Vítimas de assalto são feridas com faca em estação de metrô da Paulista e Santa Cecília

Estação Trianon-Masp, na linha 2-verde do Metrô de São Paulo - Vinícius Vieira/UOL
Estação Trianon-Masp, na linha 2-verde do Metrô de São Paulo Imagem: Vinícius Vieira/UOL

Do Estadão Conteúdo

25/05/2022 20h59Atualizada em 27/05/2022 00h59

Dois homens foram esfaqueados na capital paulista em diferentes tentativas de assalto ao longo da última semana. O primeiro deles era um jovem que, no último dia 18, teve a mão ferida enquanto acessava a estação Trianon-Masp do Metrô de São Paulo, Avenida Paulista, região central de São Paulo. O segundo, um idoso de 63 anos, quase teve a motocicleta roubada durante uma abordagem na avenida Angélica, altura de Santa Cecília, também na área central.

Dados da Secretaria de Segurança Pública mostram que os roubos cresceram 14,9% em abril no Estado de São Paulo na comparação com o mesmo mês do ano passado, mas ainda estão abaixo dos níveis pré-pandemia. Levantamento feito pelo Estadão com base em dados da Secretaria de Segurança Pública aponta que os roubos cresceram mais nas áreas centrais e bairros nobres da cidade de São Paulo no 1º trimestre. Para reverter o cenário, o governo estadual lançou neste mês a Operação Sufoco, com reforço de policiamento pelas ruas da capital.

O jovem publicou duas fotos nas redes sociais, onde foi possível ver a mão ensanguentada e com suturas. "Tomem cuidado ao circularem pela Avenida Paulista e até mesmo no Metrô", escreveu, dizendo que duas pessoas estavam sentadas na escada de acesso à estação e o encurralaram quando ele passou, por volta das 21h. "Numa tentativa de roubo, tomei uma facada na mão no metrô Trianon. Cuidado!"

O perfil oficial da empresa respondeu à publicação dizendo sentir muito pelo ocorrido. "Nesses casos orientamos informar um funcionário na estação para podermos monitorar o suspeito e também ajudar com os primeiros socorros e o encaminhamento para um hospital."

Procurado pela reportagem, o Metrô disse em nota que intensificou a atuação da segurança nas áreas internas e acessos da estação Trianon-Masp, com apoio da Delpom (Delegacia) e do Serviço Especializado de Abordagem Social às Pessoas em Situação de Rua (SEAS), da Prefeitura. A empresa também voltou a frisar a importância de que os passageiros "comuniquem qualquer caso aos funcionários", pelo aplicativo Metrô Conecta ou por SMS, para o número 11 973332252.

Nas redes sociais, o jovem afirmou que está bem. "O maior medo agora é ficar com algum tipo de déficit motor nos dedos... espero que não." Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o caso foi registrado como roubo pelo 16º Departamento de Polícia (Vila Clementino) e é investigado pelo 78º DP (Jardins). A equipe da unidade realiza diligências visando a identificação e prisão dos autores, que uma semana depois ainda não foram apreendidos.

A outra tentativa frustrada de assalto que resultou em esfaqueamento teve como vítima um motociclista de 63 anos, que quase teve seu veículo roubado. Segundo a SSP, o crime foi impedido por "populares", que imobilizaram o autor do crime, um homem de 25 anos, até a chegada da Polícia Civil ao local.

O indiciado foi conduzido ao 2º DP (Bom Retiro) e autuado em flagrante, como parte da Operação Sufoco. A vítima foi encaminhada à Santa Casa com ferimentos no abdômen e nas costas. A SSP não informou qual o seu estado de saúde.

Cotidiano