Chacina no interior do Ceará deixa sete mortos

Sete pessoas foram executadas a tiros na madrugada desta quinta-feira, 20, em uma praça no centro da cidade de Viçosa do Ceará, na região norte cearense. Ao todo, nove pessoas foram atingidas pelos disparos. Os dois feridos foram encaminhados a um hospital, mas o estado de saúde deles não foi informado.

A chacina aconteceu por volta das 3h da manhã, na praça da matriz. Alguns corpos de vítimas que tentaram fugir foram encontrados em ruas adjacentes. Agentes da Polícia Civil e a perícia técnica isolaram a praça. Até o fim da manhã, ninguém havia sido preso.

Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou que "equipes das Forças de Segurança do Ceará estão em diligências ininterruptas". O titular da pasta, Roberto Sá, e toda a cúpula da segurança pública do Estado foram à cidade. O órgão pediu ajuda à população para quem tiver qualquer informação sobre o caso.

O governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), classificou a chacina como "atrocidade" e prometeu a punição dos criminosos.

"Inaceitável o caso de violência ocorrido essa madrugada em Viçosa do Ceará. Reforços policiais já estão na região na busca dos criminosos. Nosso secretário da Segurança também já se dirigiu para Viçosa para comandar pessoalmente todas as ações, juntamente com toda a cúpula da Segurança do Estado", escreveu o governador, na rede social X.

"Tenham certeza que os bandidos envolvidos serão identificados e presos, um a um, para que paguem na Justiça por tamanha atrocidade. Minha solidariedade aos familiares e amigos", afirmou Freitas.