Estudante é roubado em estação do Metrô em SP e assaltante exige Pix de R$ 500

A Polícia Civil de São Paulo investiga um assalto dentro da estação Paraíso (Linha 1-Azul), do Metrô, na zona sul da capital, no dia 25 de maio. A vítima foi um estudante de 17 anos abordado pelo suspeito dentro do terminal metroviário e, por não portar dinheiro em espécie, foi obrigado a fazer um Pix ao assaltante no valor de R$ 500.

O assaltante não foi identificado ainda. Conforme o boletim de ocorrência, a vítima foi abordada por um "desconhecido" depois de passar pela catraca da estação. O suspeito teria levantado a blusa de moletom e mostrado uma arma de fogo.

O criminoso pediu ao jovem, em tom de ameaça, para que ele entregasse todo o dinheiro que tinha. Como a vítima não portava valores em espécie, o suspeito exigiu que o estudante fizesse um Pix no valor de R$ 500 de sua conta corrente.

Ainda segundo o registro, o dinheiro transferido teria ido para a conta de uma mulher. Feita a abordagem, o assaltante "saiu andando para plataforma de embarque", informa o boletim de ocorrência.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-SP) disse em nota que as equipes da unidade realizam diligências para identificar o criminoso e a pessoa que foi a destinatária do dinheiro transferido. "As apurações foram encaminhadas à Delegacia do Metropolitano (Delpom)", informou a pasta.

O Metrô, também em comunicado enviado ao Estadão, diz que está reforçando a infraestrutura de segurança na estação Paraíso. "O registro do caso vai auxiliar na elaboração de novas estratégias para coibir ocorrências e a empresa reforça a necessidade da comunicação rápida a qualquer funcionário para a atuação imediata que amplia as chances de detenção dos suspeitos", informou o Metrô.