Conteúdo publicado há 23 dias

'Fala a senha': ladrões roubam homens em condomínio na zona leste de SP

Três homens foram alvos de um assalto na manhã do último dia 15 na entrada de um condomínio na Rua Marechal Barbacena, na região do Tatuapé, na zona leste de São Paulo. As imagens da ação dos criminosos, trajados como motoqueiros durante a abordagem, chamaram atenção nas redes sociais nos últimos dias.

Armados, dois assaltantes ameaçam as vítimas para obter as senhas de bloqueio dos celulares e tentar levar outros objetos de valor, como até a aliança de um dos alvos. "Fala a senha", diz um dos ladrões, enquanto digita os números para destravar os aparelhos.

Ao menos uma das vítimas teve transações bancárias realizadas de forma indevida, informou a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP). Nos últimos anos, o roubo seguido de transferências via Pix ganhou força na capital paulista para multiplicar os lucros dos criminosos. A Polícia Civil investiga o caso.

Dos três homens abordados na ocorrência, ao menos dois, de 42 e 49 anos, tiveram pertences roubados, entre celulares e outros objetos de valor, conforme a secretaria. Os assaltantes ainda tentam levar a aliança de um terceiro, mas aparentemente não conseguem, mostram as imagens captadas pela câmera de segurança.

"Vem aqui, senão vou te matar", chega a dizer um dos ladrões. O homem até vai ao encontro dos bandidos, mas tem dificuldades para tirar a aliança do dedo. O assaltante, então, parece desistir da ação, e foge de moto com o comparsa. O roubo ocorreu por volta das 10h da manhã de um sábado, em via considerada movimentada na região.

No dia do assalto, segundo informações da Secretaria da Segurança Pública, duas das vítimas foram até o condomínio se encontrar com uma terceira pessoa. Elas estariam envolvidos em tratativas para a compra de um veículo. Assim que chegaram ao local, porém, todos foram abordados por dois criminosos armados.

Nas imagens, é possível ver que uma das vítimas ainda tenta fechar a porta para evitar a ação dos criminosos, mas não consegue. Todos ficam acuados na "clausura" da portaria. "Volta, dá o telefone", anuncia um dos ladrões. Conforme a secretaria, a dupla roubou os celulares das vítimas e outros pertences antes de fugir de motocicleta.

"Transações bancárias indevidas foram identificadas nas contas de uma das vítimas posteriormente", afirmou a pasta, sem especificar valores. A Secretaria da Segurança Pública afirmou que exames periciais foram solicitados e que o caso foi registrado no 30° Distrito Policial (Tatuapé). A Polícia Civil irá prosseguir com as investigações da ocorrência.

Deixe seu comentário

Só para assinantes