Moradores matam suspeito após invasão a casa no Guarujá

Um suspeito de roubo foi baleado e morto quando tentava assaltar uma casa no Guarujá, no litoral de São Paulo, no último sábado, 22. O homem de 21 anos tinha acabado de invadir a residência e anunciar o crime quando dois moradores reagiram e atiraram contra ele, de acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A Polícia Militar foi acionada e encontrou o suspeito morto quando chegou ao local. A arma dele foi apreendida, assim como as armas usadas pelos moradores, que eram tia e sobrinho, apesar de possuírem registro.

"Quando o indivíduo assaltante entrou com arma em punho anunciando o assalto, a tia que estava sentada pegou sua arma que estava ao lado, e atirou contra o invasor, seu sobrinho pegou uma arma que ficava ao lado e também atirou até cessarem a agressão", relatou o advogado Luiz Fernando Mendes Cunha, que os representa. "Ambos agiram em legítima defesa tendo repelido injusta agressão."

Câmeras de segurança registraram a chegada do assaltante ao local. Ele estava acompanhado de um comparsa, que fugiu de moto ao ouvir os disparos. Toda a ação durou menos de um minuto.

O caso foi registrado como tentativa de roubo, legítima defesa e homicídio na Delegacia de Polícia de Guarujá. Um inquérito foi instaurado para investigar a dinâmica da ocorrência. A perícia já esteve no local.