UOL Notícias Notícias
 

11/04/2007 - 13h39

D. Odilo critica proposta de plebiscito sobre aborto

Brasília - O secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e futuro arcebispo de São Paulo, d. Odilo Scherer, criticou a idéia do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, de se fazer um plebiscito sobre a legalização do aborto no País. "Ninguém gostaria de pôr em plebiscito o direito de viver, que é inalienável, intocável", afirmou. "Bebês não-nascidos são seres humanos, têm este mesmo direito", completou, referindo-se aos fetos.

Para ele, um plebiscito sobre o tema seria o equivalente a colocar em discussão o direito de poder ou não matar. "Isso é um absurdo. A Constituição não prevê isso", emendou. Ele argumentou também que não importa se em outros países o aborto é ou não legalizado. "Não temos de imitar o que outros países já fizeram. Eu não gostaria que meu direito de viver fosse posto em plebiscito. A sociedade deve zelar pela vida, ainda mais dos bebês, que são inocentes."

Ligia Formenti

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host