UOL Notícias Notícias
 

21/05/2007 - 18h28

Polícia prende 11 pessoas por fraude do INSS no RS

Porto Alegre - A Polícia Federal prendeu 11 pessoas envolvidas em golpes contra o Instituto Nacional do Seguro Nacional (INSS) durante a Operação Hipócrates, hoje, na cidade de Rio Grande, na zona sul do Rio Grande do Sul. O grupo era comandado pelo despachante Dejair Chagas Camargo, ex-funcionário do INSS, e orientava segurados a receber indevidamente auxílios por doença e aposentadoria por invalidez cobrando taxas trimestrais de R$ 150 a R$ 200 pelos serviços.

Além de Camargo, foram presos quatro funcionários de seu escritório e seis médicos que emitiam atestados falsos e orientavam os candidatos aos benefícios sobre o comportamento que deveriam adotar para ludibriar os peritos do INSS. Segundo a Polícia Federal, o vínculo entre os despachantes e os médicos foi comprovado pelas escutas telefônicas feitas com autorização da Justiça durante um ano de investigações.

A operação contou com 60 policiais federais e oito policiais militares, que cumpriram os mandados de prisão preventiva e apreensão de documentos em 14 locais diferentes da região. Os presos ficarão à disposição da Justiça Federal na Cadeia Pública de Rio Grande.

Elder Ogliari

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host