UOL Notícias Notícias
 

19/06/2007 - 10h53

Total de bônus 2028 deve superar R$ 3 bi com nova emissão

São Paulo - A reabertura hoje da emissão de bônus da República com vencimento em 2028, o papel mais longo da curva da dívida externa brasileira em reais, é a terceira feita desde a sua emissão, em fevereiro deste ano, quando foram colocados R$ 1,5 bilhão desses papéis. Se o Tesouro Nacional colocar os R$ 750 milhões previstos na reabertura divulgada hoje, segundo a nota que circulou no mercado, a soma desses papéis no mercado atingirá R$ 3,787 bilhões.

Na primeira reabertura, em março deste ano, o Tesouro emitiu mais R$ 750 milhões de títulos; na segunda, feita em maio, foram colocados mais R$ 787,50 milhões desses papéis, de acordo com os dados do site do Tesouro na internet.

Hoje, o Tesouro informou que concedeu mandato para uma nova - a terceira - reabertura da emissão, prevendo a colocação de mais R$ 750 milhões desses papéis no mercado - e mais R$ 50 milhões caso haja demanda na Ásia.

Cotação

A cotação dos bônus globais em reais com vencimento em 2028 caíram com as informações de reabertura da emissão, operando em 115,60 centavos de real, 0,56% abaixo do fechamento ontem a 116,20 centavos na corretora ICAP/Garban. Às 10h36 (de Brasília), o papel era cotado em 115,50 centavos de real na compra e em 116,00 centavos de real na venda.

Cynthia Decloedt

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host