UOL Notícias Notícias
 

10/07/2007 - 14h34

Mercados pioram com fala de presidente do BC dos EUA

São Paulo - A grande espera dos investidores hoje era o discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) sobre inflação. Durante evento, ele disse que as expectativas do público em relação à inflação futura estão melhores fundamentadas do que nas décadas de 1970 e 1980, mas não se encontram "perfeitamente" ancoradas e ainda se alteram com base no noticiário econômico.

Logo após a fala, a taxa de câmbio e a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ampliaram o ritmo de queda. Nos Estados Unidos, o mercado de ações também caía.

Às 14h31, o dólar à vista negociado no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) perdia 0,75%, na mínima a R$ 1,888. Na máxima, o dólar na BM&F atingiu R$ 1,910. No mercado interbancário, o dólar comercial tinha baixa de 0,32% e era cotado a R$ 1,892 (mínima), após taxa máxima a R$ 1,910.

Já a Bovespa despencava 1,02%, aos 55.870 pontos. As principais ações da Bolsa paulista - Petrobras (-1%) e Vale do Rio Doce (-1,27%) - também operavam no vermelho.

Equipe AE

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host