UOL Notícias Notícias
 

21/09/2007 - 15h18

Recém-nascido é encontrado abandonado em mata no PE

Recife - Um recém-nascido ainda com o cordão umbilical foi encontrado ontem numa área de mata no município metropolitano de Jaboatão dos Guararapes, interior de Pernambuco, por dois homens que cortavam lenha na área. O bebê, que apresentava dificuldade de respiração e o corpo cheio de picadas de insetos, foi levado à maternidade Amiga da Família, no município, onde se encontra estável e sem necessidade de respirador artificial.

Hoje, a polícia identificou a mãe da criança, a faxineira Maria Zilda da Silva, que estava na Maternidade da Encruzilhada, zona norte do Recife. Assim que recebeu alta, ela foi prestar depoimento na Gerência de Polícia da Criança e do Adolescente (GPCA). A mulher chegou na maternidade na quarta-feira sem o bebê. Ela disse à polícia que não sabia estar grávida, pensava estar com um mioma no útero, e só descobriu que havia dado a luz a uma criança ao ser examinada na maternidade.

A versão não convenceu e Maria Zilda deverá ser indiciada pelos crimes de abandono de recém-nascido e infanticídio, que prevê pena de dois a seis anos de prisão. Ela tem uma filha de dois anos. Ao ser tornado público, o caso comoveu famílias, que se inscreveram no Juizado de Menores com a intenção de adotar a criança. As enfermeiras que o atenderam lhe deram o nome de Renato, que significa renascido.

Angela Lacerda

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host