UOL Notícias Notícias
 

03/01/2008 - 16h06

STJ mantém prisão de viúva de milionário da Mega-Sena

São Paulo - A ministra Laurita Vaz, da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou um pedido de reconsideração da decisão em que havia negado liberdade provisória para a viúva Adriana Ferreira Almeida, acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o milionário da Mega-Sena René Senna. Com isso, está mantida a prisão de Adriana. O crime ocorreu em 7 de janeiro, em Rio Bonito, no Rio de Janeiro, quando dois homens desceram de uma moto e dispararam quatro tiros contra Senna. Segundo a denúncia, feita em 28 de março, ela teria oferecido uma recompensa a cinco comparsas para planejar e executar a morte do marido.

Ana Luísa Westphalen

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,40
    3,181
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    2,01
    70.011,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host