UOL Notícias Notícias
 

17/07/2008 - 15h33

Bolsas européias fecham em alta com ajuda de balanços

Londres - As principais bolsas européias fecharam em alta após a reação positiva aos resultados da gigante do setor de tecnologia Nokia, combinada com uma marcada recuperação do setor bancário, segundo operadores e analistas. Os índices de ações também foram impulsionados para cima pelos lucros relativamente fortes divulgados nos EUA, com os resultados do JPMorgan, Coca-Cola e United Technologies.

"É verdade que temos visto algumas surpresas positivas nos lucros (corporativos), mas isto é apenas o início da temporada de balanços e estamos sujeitos a ver choques negativos também, especialmente das ações financeiras e de empresas de bens de consumo", disse Francis Ellison, especialista em investimentos com ações da Threadneedle Asset Management.

Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 subiu 135,7 pontos (2,63%) e fechou com 5.286,3 pontos; na Bolsa de Paris, o índice CAC-40 avançou 113,54 pontos (2,76%) e fechou com 4.225,99 pontos; na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra-Dax subiu 115,90 pontos (1,88%) e fechou com 6.271,27 pontos.

O resultado do segundo trimestre da maior fabricante de aparelhos celulares do mundo, a finlandesa Nokia, favoreceu o setor de tecnologia na Europa. A Nokia anunciou um crescimento de 4% nas vendas para 13,2 bilhões de euros, mas o lucro líquido caiu 61% como resultado do declínio econômico mundial e custos de reestruturação. As ações da Nokia fecharam em alta de 7,87% na Bolsa de Helsinque. Em Frankfurt, as ações da Infineon Technologies, fornecedora de chips da Nokia, avançaram 9,60%.

O balanço do segundo trimestre da Electrolux, por outro lado, teve uma recepção mais fria do mercado e as ações da companhia de eletrodomésticos caíram 4,29%. A companhia registrou uma acentuada queda no lucro líquido no segundo trimestre e rebaixou sua perspectiva, citando o declínio econômico como motivo. As ações da Electrolux caíram para nova mínima em 52 semanas durante a sessão, antes de se recuperarem parte das perdas diante dos ganhos das demais ações européias.

Entre outras notícias do setor financeiro, as ações do Natixis dispararam 11,48% na Bolsa de Paris depois de ter anunciado que fará um aumento de capital de 3,7 bilhões de euros, menos do que o originalmente esperado. O quarto maior banco francês vai propor o aumento de capital na reunião no encontro de acionistas de agosto. O banco também prevê baixas contábeis de 1,5 bilhão de euros no segundo trimestre.

Na Bolsa de Milão, o índice S&P/MIB subiu 474 pontos (1,74%) e fechou com 27.668 pontos; em Madri, o índice Ibex-35 avançou 354,40 pontos (3,14%) e fechou com 11.642,10 pontos; em Lisboa, o índice PSI-20 subiu 284,62 pontos (3,50%) e fechou com 8.408,88 pontos. As informações são da Dow Jones.

Suzi Katzumata

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host