UOL Notícias Notícias
 

23/09/2008 - 18h49

Tiroteio assusta moradores do Rio durante ação policial

Rio - A polícia fez hoje uma operação com cerca de 200 agentes de delegacias especializadas nos morros do São João e da Matriz, em Engenho Novo, zona norte do Rio de Janeiro, na tentativa de encontrar o traficante Alexander de Jesus Carlos, o Choque, que estaria planejando um ataque aos criminosos rivais do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, que fica do outro lado do morro São João. Quando os agentes chegaram, houve intenso tiroteio e moradores e motoristas que passavam nas ruas de acesso se apavoraram. Quatro pessoas foram detidas para averiguação, mas Choque não foi encontrado.

De acordo com o delegado da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), Marcus Vinícius Almeida, informações da área de inteligência da Secretaria de Segurança Pública davam como "certa a invasão para hoje à noite, por isso a ação policial". Choque é um dos líderes do Comando Vermelho e atuante no Complexo do Alemão. Ele é um dos suspeitos de supostamente matar, na semana passada, o então chefe da complexo, Antônio José de Souza Ferreira, o Tota.

Numa operação policial na quarta-feira passada, quatro corpos carbonizados foram encontrados no alto do morro da Fazendinha. Entre eles, estaria o de Tota. A polícia não informou se conseguirá fazer exames de DNA nos restos mortais encontrados.

Choque teria se refugiado no morro do São João para fugir da polícia e estaria interessado em tomar os pontos-de-venda de drogas do morro dos Macacos, controlados por traficantes da facção rival Amigos dos Amigos. Durante a ação, a polícia apreendeu cerca de 50 quilos de maconha, crack, um caderno de anotações do tráfico, oito rádios transmissores e cartuchos de fuzil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h10

    0,24
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h17

    1,75
    63.759,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host