UOL Notícias Notícias
 

27/05/2009 - 10h26

Bovespa abre em alta, de olho no dólar e nos EUA

São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o pregão de hoje em alta e retomou o nível dos 52 mil pontos nos primeiros minutos de negócios, mas o mercado espera a divulgação do dado de venda de imóveis usados nos Estados Unidos em abril para assumir uma direção. Ao mesmo tempo, o mercado monitora o comportamento do dólar ante o real, que foi negociado esta manhã abaixo de R$ 2, o que não acontecia desde outubro do ano passado. Às 10h20 (de Brasília), o índice Bovespa subia 0,89%, na máxima de 52.303 pontos.

Nos EUA, a preocupação hoje é a General Motors (GM), cujas ações recuavam quase 10% mais cedo, reagindo à notícia de que a montadora norte-americana não seguirá adiante com a troca de dívida, o que a deixa cada vez mais perto de um pedido de concordata. A GM informou hoje interrompeu a proposta de troca de dívida de US$ 27,2 bilhões com credores, pois o interesse dos detentores de bônus ficou bem abaixo dos 90% desejados pela empresa. Por volta do horário citado acima, o índice futuro do Nasdaq 100 caía 0,25% e o futuro do S&P 500 tinha baixa de 0,06%.

Na Bovespa, as atenções também se voltam para os dados do mercado de crédito em abril, que o Banco Central divulga esta manhã. Ao mesmo tempo, o mercado opera de olho no câmbio. O dólar, que testou o nível de R$ 1,99 nos primeiros minutos de negócios hoje, deixa as ações das empresas brasileiras mais caras em dólar, mas por ora o apetite dos investidores estrangeiros se mantém. Às 10h20, no mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial caía 0,59%, cotado a R$ 2,006, na taxa máxima do dia até o momento. Na mínima, a moeda norte-americana cedeu 0,99%, a R$ 1,998.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host