UOL Notícias Notícias
 

04/06/2009 - 19h13

Bolsa de NY fecha em alta com vigor de ações de bancos

Nova York - Os principais índices do mercado de ações norte-americano fecharam em alta, retomando a tendência de ganhos diante do continuado avanço nos preços das commodities (matérias-primas), que alimentaram os ganhos de companhias como Alcoa e Chevron. Além disso, um relatório de análise desencadeou compras no setor financeiro e no mercado mais amplo.

Pela manhã, o RBC Capital disse que os bancos estão no início de um novo "bull market" (mercado com tendência de alta) de vários anos, marcando o mais positivo comentário sobre o setor bancário por um departamento de pesquisa de um grande banco de investimentos em muitos meses. O RBC elevou sua recomendação sobre o setor bancário, dizendo que os investidores devem possuir ações de bancos porque a receita e o lucros das instituições serão conduzidos em alta por amplas margens de juros líquidas e custos de crédito menores.

Entre os destaques do setor bancário, as ações da KeyCorp (que o RBC elevou) dispararam 19,57% e as ações da PNC Financial Services avançaram 8,36%. Entre as blue chips Bank of America subiu 5,89%, JPMorgan avançou 4,03%, Morgan Stanley (4,98%) e Goldman Sachs (5,15%).

As ações também foram beneficiadas por outra rodada de compras de ações de empresas do setor de energia e matérias-primas, depois de ambos os setores terem registrado perdas acentuadas na quarta-feira. Destaque para os preços do petróleo que quase que dobraram de valor desde as mínimas registradas na metade de fevereiro. No mercado de petróleo em Nova York, o contrato para entrega em julho subiu US$ 2,69 (4,07%) e fechou em US$ 68,81 por barril, marcando a máxima de fechamento em sete meses. O petróleo recebeu impulso do relatório do Goldman Sachs em que o banco eleva seu preço alvo para a commodity para US$ 75 por barril em três meses, de uma projeção anterior de US$ 52 por barril.

No setor de energia e matérias-primas destaque para Chevron (+2,24%), ExxonMobil (+1,25%) e Alcoa (+6,16%).

O índice Dow Jones subiu 74,96 pontos (0,86%) e fechou com 8.750,24 pontos, marcando a quinta alta em seis sessões, reduzindo as perdas no ano para apenas 0,30%. O Nasdaq avançou 24,10 pontos (1,32%) e fechou com 1.850,02 pontos. O S&P-500 subiu 10,70 pontos (1,15%) e fechou com 942,46 pontos. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host