UOL Notícias Notícias
 

27/10/2009 - 18h49

Bovespa cai 2,96% e volta aos 63 mil pontos

São Paulo - Em dia marcado pela realização de lucros, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) voltou para o patamar dos 63 mil pontos. O índice Bovespa (Ibovespa) acentuou a queda nos minutos finais do pregão e fechou em queda de 2,96%, na mínima pontuação do dia, aos 63.161,04 pontos. Este é o menor nível desde 7 de outubro deste ano. Na máxima da sessão, a Bolsa atingiu 65.497,97 pontos. O giro financeiro somou R$ 6,08 bilhões, em dados ainda preliminares.

O impulso inicial para a queda foi dado, pela manhã, pelo índice de confiança do consumidor nos Estados Unidos, que veio abaixo do esperado. O dado diminuiu o apetite por risco antes do anúncio do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre dos EUA, na quinta-feira. À tarde, a ampliação da queda do Ibovespa foi puxada pelos papéis da Vale, que divulga balanço referente ao terceiro trimestre amanhã.

"Como o momento está propício para a realização de lucro, nada mais natural que a Vale lidere o movimento, ainda mais em véspera de balanço e com expectativa de resultado menor", disse um operador. Hoje, as ações preferenciais da empresa caíram 4,48%, a R$ 39,65, enquanto as ordinárias recuaram 3,77%, a R$ 44,65.

Nos EUA, a preocupação com as condições no mercado de trabalho derrubou a confiança do consumidor em outubro. O índice do Conference Board caiu para 47,7, ante 53,4 em setembro. Já o índice de atividade do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de Richmond, também divulgado pela manhã, caiu de 14 em setembro para 7 em outubro, reforçando o sentimento de cautela. O índice Dow Jones fechou em alta de 0,14%, o S&P 500 caiu 0,33% e o Nasdaq recuou 1,20%.

Na Europa, as Bolsas fecharam em direções divergentes, mas próximas da estabilidade. A Bolsa de Londres fechou em alta de 0,18%, a de Paris recuou 0,01% e a de Frankfurt caiu 0,13%. A Bolsa de Madri teve alta de 0,10%. Em Nova York, o contrato futuro do petróleo com vencimento em dezembro subiu 1,11%, a US$ 79,55. As ações da Petrobras, no entanto, não acompanharam o movimento. O papel preferencial da companhia cedeu 2,04%, a R$ 35,95, e o ordinário caiu 2,51%, a R$ 41,53.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h09

    0,57
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h10

    -0,80
    74.785,12
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host