UOL Notícias Notícias
 

17/12/2009 - 09h00

Apesar de 'chance pequena', Dinamarca crê em acordo

Copenhague - As negociações em torno de um novo acordo climático global na 15ª Conferência das Nações Unidas para o Clima (COP-15), em Copenhague, estão emperradas e as chances de um consenso são pequenas, mas ainda há esperança de que seja alcançado, disse hoje um delegado dinamarquês. "Nós não desistimos" do objetivo de conseguir um acordo para suceder o Protocolo de Kyoto, que expira em 2012, afirmou. A cúpula realizada na capital dinamarquesa termina amanhã.

"Estamos lutando com todas as nossas forças para encerrar o impasse, mas somos apenas o país-sede", prosseguiu. "Tudo depende das partes envolvidas. Se elas não quiserem um acordo, o que fazer?" Representantes de 193 países estão em Copenhague para negociar um novo acordo global para combater as mudanças climáticas.

A expectativa inicial era que um eventual pacto pudesse ser selado amanhã, quando cerca de 120 chefes de Estado e de governo estarão reunidos em Copenhague. No entanto, essa perspectiva vem sendo frustrada pela persistência do impasse entre os países industrializados e as nações em desenvolvimento em relação às metas de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa e ao financiamento de programas para que os países pobres possam enfrentar os efeitos do aquecimento global. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host