UOL Notícias Notícias
 

22/12/2009 - 19h05

Petróleo fecha em alta de 0,92% a US$ 74,40 o barril

Nova York - O preço dos contratos futuros do petróleo fechou em alta, impulsionado por dados que mostraram um aumento na venda de imóveis residenciais dos EUA em novembro. O avanço, no entanto, pode ter sido exagerado pelo baixo volume de negociações, segundo analistas. Quando há menos participantes no mercado, as empresas em geral precisam aceitar valores muito menores ou muito maiores para concluir uma transação. Cerca de 260 mil contratos haviam sido negociados até o fechamento do mercado. Em dias de maior movimento, o volume de negociações é quase três vezes maior.

O contrato do petróleo para fevereiro negociado na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês) subiu US$ 0,68, ou 0,92%, para US$ 74,40 por barril, após oscilar entre a máxima de US$ 74,91 e a mínima de US$ 72,72 ao longo do pregão. Na plataforma ICE, o contrato do petróleo tipo Brent para fevereiro avançou US$ 0,47, ou 0,64%, para US$ 73,46 por barril.

A Associação Nacional de Corretores de Imóveis dos EUA (NAR, na sigla em inglês) divulgou que as vendas de imóveis residenciais usados no país cresceram 7,4% em novembro, para a taxa anualizada de 6,54 milhões - melhor resultado dos últimos dois anos, segundo o analista Tim Hughes, do IG Index.

O dado foi suficiente para ofuscar uma revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dos EUA no terceiro trimestre para uma taxa anualizada de 2,2%, de 3,5% originalmente. Apesar disso, durante parte da sessão, os preços do petróleo operaram em território negativo. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host