UOL Notícias Notícias
 

23/12/2009 - 14h10

Família brasileira desiste de brigar pelo menino Sean

No Rio de Janeiro
Sérgio Tostes, advogado da família da mãe de Sean, admitiu hoje que não há mais nada a fazer para manter o menino de 9 anos no Brasil. Com essa decisão, a criança poderá ser entregue a qualquer momento ao pai biológico, David Goldman, que está hospedado no Hotel Marriott, em Copacabana, na zona sul do Rio do Janeiro. Segundo o advogado, o padrasto, João Paulo Lins e Silva, e a avó, Silvana Bianchi, admitem a derrota e "querem uma transição harmoniosa para zelar pelo bem do menino".

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, cassou ontem a liminar impetrada pela avó, Silvana Bianchi - e concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello -, que permitia que o menino ficasse no País até a Justiça julgar o pedido para que ele fosse ouvido.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host