UOL Notícias Notícias
 

30/12/2009 - 19h26

Bovespa fecha 2009 com alta de 82,66%

São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) registrou leve baixa ao longo de quase todo o dia, acompanhando os mercados internacionais, mas passou a subir no meio da tarde, acelerando os ganhos na reta final do pregão. Com isso, o índice Bovespa (Ibovespa) fechou o dia com alta de 0,43%, aos 68.588,41 pontos, e o ano de 2009 com ganho acumulado de 82,66%, praticamente recuperando todas as perdas ocorridas durante a crise financeira mundial.

"A expectativa para 2010 é positiva. Não há motivo para pensar em viés negativo", disse um operador. A pontuação de fechamento de hoje foi, também, a máxima do dia. Na mínima, o Ibovespa atingiu 67.748,99 pontos. O giro financeiro foi melhor que o esperado e somou R$ 4,88 bilhões.

No melhor momento de sua história, em maio de 2008, a Bolsa chegou a ultrapassar os 73 mil pontos. Depois do naufrágio do Lehman Brothers, o índice do mercado acionário brasileiro foi ao fundo do poço, atingindo cerca de 29 mil pontos, em outubro do ano passado. Apesar de 2009 ter começado com projeções sombrias, a menor pontuação foi registrada em março, quando o Ibovespa registrou 36.234,60 pontos.

O Brasil teve a maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do mundo, a da filial do banco espanhol Santander. A operação foi também a maior da história brasileira, com giro financeiro de R$ 14,1 bilhões, com 600 milhões de units (certificados compostos por ações ordinárias e preferenciais) que começaram a ser negociados em 7 de outubro. A operação ficou em terceiro lugar em volume de IPOs no mundo, ficando atrás apenas de China e Estados Unidos, segundo a consultoria Ernst & Young.

Hoje, com agenda fraca no Brasil e no exterior, o destaque foi a divulgação da terceira e definitiva prévia do Ibovespa, que entra em vigor a partir de segunda-feira (dia 4 de janeiro) com validade até o fim de abril. Antes da abertura dos negócios, foi divulgada a terceira e definitiva prévia do índice à vista, que confirmou a entrada de mais duas empresas do grupo do empresário Eike Batista, OGX e LLX, além de trazer o ingresso das construtoras MRV e PDG Realty.

Com isso, o Ibovespa passa a contar com 63 ações. As ações dessas empresas estiveram entre as mais negociadas do dia. Os papéis da MRV subiram 3,07%, os da PDG avançaram 0,58% e os da OGX registraram alta de 1,18%. LLX subiu 2,95%. As ações mais negociadas hoje foram da Laep, que subiram 15,97%. Os papéis da Vale PNA perderam 0,94%, os da Petrobras ON caíram 1,20% e os da Petrobras PN recuaram 0,68%.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host