UOL Notícias Notícias
 

30/12/2009 - 10h40

Pai de S. vai cobrar US$ 500 mil da família brasileira

Nova York e Rio - David Goldman vai cobrar US$ 500 mil da família brasileira de seu filho S., de 9 anos, referentes aos gastos durante a batalha judicial pela guarda do menino ao longo de cinco anos. Uma das advogadas do pai biológico de S., que o acompanhou durante uma entrevista coletiva ontem em Tinton Falls, em New Jersey, afirmou que ele entrará na Justiça para exigir ressarcimento.

O advogado da família brasileira, Sérgio Tostes, afirmou que a decisão "revela o caráter" do americano. "É apenas a prova de que o que ele sempre quis foi dinheiro. Esse é o interesse que o move", afirmou.

Nos Estados Unidos, críticos dizem, porém, que grande parte dos custos de todo o processo foram pagos pela rede de TV "NBC". A emissora tem um contrato de exclusividade com Goldman para noticiar o caso da disputa pela guarda do garoto. A "NBC" confirma apenas ter pago pelo voo fretado para trazer pai e filho do Rio para Orlando, na semana passada.

Tostes lembrou que Goldman já havia recebido US$ 150 mil da família brasileira para encerrar a ação judicial que tinha como réus os avós maternos de S., acusados de sequestro com a mãe da criança, a estilista Bruna Bianchi, que morreu no ano passado no parto da segunda filha, com o advogado João Paulo Lins e Silva.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h00

    -0,21
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h02

    1,41
    62.544,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host