UOL Notícias Notícias
 

30/12/2009 - 08h31

Realização de lucros derruba bolsas europeias

Londres - As bolsas europeias operam em baixa no último pregão cheio de 2009, com os investidores optando por embolsar os ganhos registrados ao longo do ano. O volume continua fraco e a atividade é baixa na maioria das classes de ativos, algo já esperado na temporada de festas. O fato de os índices das bolsas terem atingido novas máximas do ano ontem contribui para a realização de lucros hoje. O foco está no início de 2010 e muitos investidores já fecharam as posições antecipadamente e aguardam o próximo ano para fazer novas apostas.

Os dados que mostraram que os empréstimos bancários na zona do euro (grupo dos 16 países que adotam o euro como moeda) caíram em novembro também pesam nas bolsas, ao sinalizarem que a recuperação da região ainda é frágil. Ao longo do pregão, os indicadores econômicos a serem divulgados nos Estados Unidos podem influenciar o comportamento do mercado, com destaque para o índice de atividade dos gerentes de compras de Chicago.

Às 8h25 (de Brasília), a Bolsa de Londres caía 0,46%; Paris recuava 0,45% e Frankfurt estava em queda de 0,69%. Um dos destaques de baixa na Europa hoje é a farmacêutica Basilea Pharmaceutica, que despenca 24% depois de ter informado que terá que revisar suas opções por causa de um retrocesso em um importante antibiótico. O regulador norte-americano disse para a Basilea que o ceftobiprole não pode ser aprovado na forma atual.

Nos mercados de câmbio, o euro opera em leve alta em relação ao dólar, mesmo após a Moody's ter rebaixado o rating do Abu Dhabi Commercial Bank. Em relação ao iene, o dólar chegou a atingir o maior nível em dois meses mais cedo, impulsionado pela cobertura de posições vendidas e pelos dados positivos nos EUA ontem. Às 8h25 (de Brasília), o euro subia 0,27%, a US$ 1,4356, enquanto o dólar cedia 0,03% em relação ao iene, a 92,13 ienes.

Alguns mercados da Europa vão operar com horários de fechamento diferenciados amanhã e permanecerão fechados no dia 1º de janeiro de 2010. Na véspera do Ano Novo, não vão abrir os mercados dos seguintes países: Áustria, República Checa, Alemanha, Itália, Polônia, Espanha, Suécia e Suíça. Fecham mais cedo Bélgica, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Holanda e Reino Unido (às 10h30 de Brasília). As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h19

    0,36
    3,291
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h28

    -0,43
    62.988,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host