UOL Notícias Notícias
 

31/12/2009 - 14h04

Paes: estado de alerta será mantido enquanto chover

Rio - O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), informou hoje que o estado de alerta será mantido na cidade enquanto perdurarem as chuvas, que provocaram 14 mortes no Estado nas últimas 24 horas. A Defesa Civil municipal está com cerca de 200 homens nas ruas e uma sala de emergência foi montada para acompanhar a situação na sede da Companhia Estadual de Tráfego (CET). Desde ontem, a Defesa Civil já recebeu 307 ocorrências, boa parte delas (100) por deslizamentos de encostas.

Segundo Paes, trata-se de uma situação atípica, uma vez que a cidade vem enfrentando mais deslizamentos do que alagamentos - foram apenas 19. "Infelizmente, as chuvas mais constantes e a água acumulada estão provocando uma série de deslizamentos", comentou o prefeito. Ele ressaltou que os deslizamentos estão ocorrendo em áreas que não eram consideradas de risco. "Graças a Deus não houve um grande deslizamento arrastando várias casas. O que está ocorrendo são pequenos deslizamentos."

No município do Rio, até agora, há 10 vítimas, todas em bairros da zona norte da cidade. A prefeitura pede aos moradores que morem perto de encostas e que perceberem algum sinal de risco que deixem suas residências e passem a noite na casa de parentes. "Os riscos de deslizamento persistem enquanto permanecer essa chuva", alertou o prefeito. Paes afirmou que não haverá mudanças na festa do réveillon por conta das chuvas. "De maneira nenhuma. Estamos tristes, mas o Rio é uma cidade de celebração e vai realizar uma grande festa, com chuva, com lua ou com céu aberto."

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host