UOL Notícias Notícias
 

01/01/2010 - 18h36

Angra dos Reis-RJ tem 22 mortos e 800 desabrigados

São Paulo - As chuvas que caíram em Angra dos Reis, no litoral do Estado do Rio de Janeiro, na madrugada de hoje deixaram 22 mortos e provocaram vários deslizamentos de terra. De acordo com a Defesa Civil do município, a cidade já vinha sofrendo com as chuvas desde quarta-feira e contabiliza 800 pessoas desabrigadas.

Grande parte da cidade está sem telefone fixo e algumas regiões ainda estão sem energia elétrica, devido à queda de árvores. O centro da cidade ficou sem luz por volta das 2 horas e o restabelecimento voltou às 9h30. Em Ilha Grande, onde os bombeiros trabalham no resgate das vítimas dos deslizamentos, ainda falta energia.

O prefeito de Angra dos Reis, Tuca Jordão, decretou luto por três dias e cancelou a programação do final de ano, entre elas a tradicional procissão marítima que aconteceria hoje. A festa em comemoração aos 508 anos de Angra, que seria comemorada no próximo dia 6, também foi cancelada.

Mais chuvas

Há possibilidades de novas chuvas em Angra dos Reis até o final de hoje. Com o ar muito úmido e quente, fica mais fácil o crescimento das nuvens de chuva, segundo informa a Climatempo.

Desde as 9 horas da manhã desta sexta-feira, não há registro de chuva no município. De acordo com a Climatempo, por volta das 16 horas ainda havia muita nebulosidade sobre o município. A temperatura chegava aos 31ºC.

O radar meteorológico do Pico do Couto, no Rio de Janeiro, operado pela Aeronáutica, não detectava chuva sobre a região. Porém, novas áreas de chuva já tinham surgido na região de Mangaratiba.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host