UOL Notícias Notícias
 

01/01/2010 - 10h56

Lei antifumo fica 'light' no litoral de SP

São Paulo - Por serem abertos, avarandados e terem mesas ao ar livre, ao lado de marquises e toldos, os bares, restaurantes, padarias e até shoppings de praias do litoral norte - como em Barra do Saí, Juqueí, Maresias, Camburi e Boiçucanga - estão tendo problemas na hora de fazer veranistas apagarem o cigarro. A lei antifumo, no entanto, tem que ser cumprida em todo o Estado.

Para piorar a situação, a maioria dos comerciantes diz não ter recebido ainda a visita de fiscais, embora a nova regra tenha entrado em vigor há quatro meses. Nem para serem orientados sobre o que pode e o que não pode mais. A Secretaria Estadual da Saúde diz que as blitze estão ocorrendo normalmente e que foi divulgada campanha de esclarecimento sobre as novas regras.

"Algumas pessoas acham que a lei não está aqui. Só em São Paulo", observa a gerente do restaurante Sahy Ice Point, Néia Soares, de 25 anos. O estabelecimento tem mesas debaixo de toldos e outras bem ao lado, em uma área ao ar livre, onde se permite fumar. O curioso é que em frente a esse restaurante funciona outro, o Cantinho do Sahy, com características iguais. Mas nas mesas ao ar livre a proprietária, Silvana Santana Lechinieski, de 34 anos, já não permite o fumo.

"Só pode acender cigarro fora do estabelecimento, na calçada", diz ela. "O espaço aberto fica muito próximo de onde está o toldo. Não tem como a fumaça não invadir e isso pode incomodar outros clientes", justifica Silvana. A lei libera o cigarro em áreas ao ar livre, como quiosques de praia, por exemplo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host