UOL Notícias Notícias
 

06/01/2010 - 07h13

Tóquio fecha em alta de 0,5% com bancos e seguradoras

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em alta, puxada pelo setor bancário, que se sustentou nas expectativas dos investidores em relação à iminente oferta de ações do Sumitomo Mitsui Financial Group (SMFG). Um início de cobertura otimista das grandes seguradoras contribuiu para um rali também neste setor. O índice Nikkei 225 subiu 49,62 pontos, ou 0,5%, e fechou aos 10.731,45 pontos, sua terceira alta consecutiva e a oitava nas últimas 10 sessões.

O mercado mostrou pouca reação à possibilidade de que o ministro das Finanças do Japão, Hirohisa Fujii, de 77 anos, venha a renunciar por motivo de saúde. A mídia local relatou que Fujii está firmemente decidido a renunciar ante a preocupação de que não conseguirá suportar os rigores dos debates legislativos. Os traders disseram que as ações podem continuar indiferentes até que surjam mais informações, incluindo o nome do eventual substituto de Fujii.

"Por enquanto, os investidores devem se concentrar nos dados de emprego nos EUA (que saem na sexta-feira)", disse Yumi Nishimura, analista da corretora Daiwa Securities. Segundo Nishimura, o sentimento para as ações até agora é bom, mas os dados sobre o nível de emprego nos EUA podem provocar uma realização de lucros. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h09

    -0,32
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h17

    1,63
    62.676,27
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host