UOL Notícias Notícias
 

13/01/2010 - 12h03

Ela morreu de uma maneira muito bonita, diz d. Paulo

São Paulo - "Ela morreu de uma maneira muito bonita, morreu na causa que sempre acreditou", comentou hoje o cardeal d. Paulo Evaristo Arns, arcebispo emérito de São Paulo, ao saber da morte de sua irmã, a médica Zilda Arns, no terremoto no Haiti. D. Paulo foi avisado por telefone pelo chefe de Gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho.

Ao ver a notícia do terremoto e antes mesmo de saber sobre sua irmã, d. Paulo Evaristo rezou uma missa pelas vítimas do Haiti na casa de repouso onde vive, em Taboão da Serra, na Grande São Paulo.

O corpo da médica pediatra e sanitarista Zilda Arns, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, será trazido do Haiti em avião da Força Aérea Brasileira (FAB). O velório e enterro serão em Curitiba, onde moram os quatro filhos da médica. D. Paulo já informou que não poderá comparecer e pediu que d. Pedro Stringhini, bispo de Franca, o represente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host