UOL Notícias Notícias
 

21/01/2010 - 08h01

Tóquio fecha em alta de 1,2% com estrangeiros e China

Tóquio - A Bolsa de Tóquio fechou em alta, uma vez que as compras feitas por investidores estrangeiros ajudaram a puxar para cima ações de exportadoras que vinham tendo desempenho abaixo da média, como montadoras e fabricantes de eletrônicos. A desvalorização do iene e o forte crescimento do PIB da China no quarto trimestre também alimentaram o rali. O índice Nikkei 225 ganhou 130,85 pontos, ou 1,2%, e fechou aos 10.868,41 pontos.

"Embora ainda existam as preocupações com o aperto monetário na China, é improvável que a liquidez no mercado japonês caia apenas por essa razão", disse Kenji Shiomura, analista da Daiwa Securities. Segundo Shiomura, a Bolsa de Tóquio já precificou essas preocupações. Os investidores estrangeiros foram compradores líquidos de ações japonesas pela oitava semana consecutiva na última semana, quando levaram 611,9 bilhões de ienes em ações, numa base líquida, de acordo com dados divulgados pelo governo nesta quinta-feira.

De acordo com os traders, as compras dos estrangeiros se aceleraram à tarde depois da confirmação do crescimento econômico da China. Os dados mostraram que de outubro a dezembro o PIB da China aumentou fortemente em relação ao terceiro trimestre.

"Alguns dealers estavam vendidos a descoberto ontem e hoje cedo, porque começaram a duvidar que continuasse o pesado volume de compras dos estrangeiros", afirmou o analista Kenichi Hirano, da Tachibana Securities. "Mas eles agora estão recomprando depois de verem mais sustentação para as blue chips por parte de fundos estrangeiros." As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host