UOL Notícias Notícias
 

22/01/2010 - 16h06

Justiça nega pedido de liberdade e Zina continua preso

São Paulo - O Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária (Dipo), informou hoje que negou o pedido de relaxamento de prisão do humorista Marcos da Silva Herédia, conhecido como Zina do programa "Pânico na TV", da Rede TV!.

A decisão foi dada no começo desta semana. Segundo a Justiça de São Paulo, a defesa de Zina já entrou com pedido de habeas corpus em segunda instância. O humorista está no Centro de Detenção Provisória (CDP) III de Pinheiros, na zona oeste da cidade.

O integrante do Pânico, de 27 anos, foi preso em flagrante no último sábado, após policiais militares encontrarem um revólver calibre 38 com numeração raspada dentro da casa dele, no Jardim Panamericano, zona oeste da capital.

Zina já havia sido preso em 28 de outubro de 2009, com um pino de cocaína. Na ocasião, foi registrado um termo circunstanciado na delegacia, pois a quantidade de droga apreendida o classificava como usuário.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h50

    -0,95
    3,151
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h53

    0,47
    70.338,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host