UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 18h19

Bolsa de NY sobe com perspectiva de auxílio à Grécia

Nova York - Os índices do mercado de ações dos EUA operam em alta na última hora de pregão, puxados pela expectativa de que as autoridades europeias discutirão um pacote de auxílio para ajudar a Grécia a reduzir o déficit orçamentário. "As pessoas estão superando a ideia de que pode haver uma disseminação dos problemas da Grécia para outros países da Europa, que era o principal fator responsável pela aversão ao risco", disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Avalon Partners. "Estamos saindo de um grande revés para o Dow Jones", que ontem fechou abaixo de 10 mil pontos pela primeira vez desde novembro.

Ele acrescentou que se o índice conseguir encerrar a sessão acima desse patamar, será um sinal de que as negociações baseadas na aversão ao risco e a correção do mercado "terão vida curta". Às 18h11 (de Brasília), o Dow Jones subia 1,72%, para 10.078 pontos. Entre os componentes do índice, a Caterpillar subia 5,73% após ter a recomendação de suas ações elevada para "overweight" (acima da média) por analistas do Morgan Stanley, enquanto a Coca-Cola tinha alta de 3,19% após anunciar um aumento de 55% no lucro do quarto trimestre.

O Nasdaq ganhava 1,20%, para 2.151 pontos, enquanto o S&P 500 tinha alta de 1,39%, para 1.071 pontos.

Os rumores sobre um pacote para solucionar o problema fiscal na Grécia ganharam força na noite de segunda-feira, depois da notícia de que o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, iria deixar um evento na Austrália antes do previsto para poder participar da reunião do Conselho da União Europeia, marcada para quinta-feira. Posteriormente, o Financial Times Deutschland (FTD) informou que o governo da Alemanha estava trabalhando em um pacote para a Grécia, citando

uma fonte sênior da coalização de centro-direita da chanceler Angela Merkel. A informação, no entanto, foi negada pelo porta-voz do governo alemão, Ulrich Wilhelm. Às 18h13 (de Brasília), o euro subia para US$ 1,3786, de US$ 1,3659 na segunda-feira. Durante a sessão, a moeda chegou a tocar a máxima de US$ 1,3841. O dólar avançava para 89,64 ienes, de 89,30 ienes ontem. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,73
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,00
    65.010,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host