UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 13h53

Bolsas de NY caem e juros sobem com texto de Bernanke

Nova York - As ações e o euro reagiram em queda, enquanto os juros dos Treasuries (títulos do Tesouro dos EUA) subiram, após divulgação de um texto escrito pelo presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke. Nele, Bernanke ressalta que as taxas de juros dos Fed Funds, atualmente usadas como meta da política do banco central, podem perder importância e que os juros sobre reservas que os bancos mantêm no Fed podem se tornar o principal instrumento de política monetária.

Operadores disseram que o texto não apresenta nada de realmente inesperado, mas ainda assim mexeu com os mercados. "Eu não acredito que haja alguma coisa nova ali, mas Bernanke listou uma série de verdades desagradáveis que o mercado não queria ouvir", disse o gestor de risco Steve Sosnick, da Timber Hill LLC/Interactive Brokers Group LLC.

Bernanke disse que pode elevar em algum momento o diferencial entre a taxa de desconto que cobra dos bancos por empréstimos emergenciais e a taxa de Fed Funds. O presidente do Fed, no entanto, disse que as condições econômicas ainda requerem uma política acomodatícia.

Às 13h51 (de Brasília), o Dow Jones caía 0,65%, o Nasdaq perdia 0,64% e o S&P 500 cedia 0,73%. O euro recuava 0,44%, para US$ 1,3695, enquanto o dólar subia 0,20%, para 89,90 ienes. A moeda europeia é prejudicada também pelas preocupações com a Grécia. "Sem notícias positivas da Grécia, o euro vai seguir em baixa", disse o gestor de câmbio do ING Capital Markets John McCarthy. O juro da T-Note de 2 anos subia para 0,8469%, enquanto o da T-Note de 10 anos avançava para 3,63665%. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,63
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,87
    65.667,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host