UOL Notícias Notícias
 

11/02/2010 - 18h26

Polícia investiga morte de fundador do Nós do Morro

Rio - A Divisão de Homicídios do Rio investiga a morte do produtor José Frederico Pinheiro, de 58 anos, um dos fundadores do Grupo Nós do Morro. O corpo dele foi encontrado na manhã de ontem, em uma cabine desativada da Guarda Municipal, no Horto, na Zona Sul do Rio, com a garganta cortada.

Um estilete e outras evidências do crime foram recolhidos pelos investigadores. "Nada foi roubado, mas não descartamos nenhuma linha de investigação. Já ouvimos os familiares e manteremos o sigilo", declarou o diretor da Divisão de Homicídio, Felipe Ettore. Uma das hipóteses é que o produtor foi morto em um local e o corpo abandonado no Horto.

O cadáver estava próximo ao ponto turístico da Vista Chinesa. Local de prática de exercícios e banhos de cachoeira durante o dia. À noite, o Horto fica deserto. Policiais procuram imagens de câmeras de prédios e lojas no Jardim Botânico, bairro vizinho.

Em outubro do ano passado, outro grupo cultural, o AfroReggae de Vigário Geral foi vítima da violência. O coordenador da ONG foi assassinado em um assalto no Centro do Rio. Os assassinos levaram a jaqueta e o tênis da vítima. Abordados por PMs, os criminosos foram liberados e presos dias depois.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h59

    -0,48
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h05

    -0,32
    75.363,27
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host