UOL Notícias Notícias
 

18/02/2010 - 11h10

Overdose causa morte de detento no interior de SP

São Paulo - Jefferson Adriano Silva Espíndola, preso da Penitenciária II de Itirapina (SP), morreu na segunda-feira em Rio Claro, também no interior paulista, vítima de "intoxicação exógena aguda", conhecida como overdose, de acordo com nota da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

O laudo do Instituto Médico-Legal (IML) da cidade, segundo a Seccional da Polícia Civil em Rio Claro, ainda não foi concluído. O IML de São Paulo ainda fará uma análise para descobrir qual substância teria causado a morte do detento. Não há informação sobre quando este resultado ficará pronto.

Espíndola foi retirado de seu pavilhão na Penitenciária II na segunda-feira após pedidos de socorro dos demais sentenciados. O preso apresentava convulsões e foi encaminhado imediatamente para o setor de enfermaria, segundo a SAP.

Em seguida, foi encaminhado ao hospital da cidade e, medicado, retornou ao pavilhão hospitalar da penitenciária. Como seu quadro de saúde não apresentava melhoras, foi novamente removido ao hospital local e, posteriormente, encaminhado ao Pronto Socorro de Rio Claro onde morreu no fim da noite.

Segundo nota da SAP, o médico de plantão do IML de Rio Claro atestou como causa mortis intoxicação exógena aguda, sendo lavrado boletim de ocorrência. A SAP, paralelamente à investigação conduzida pela polícia, faz apuração interna conduzida pela direção da unidade prisional sobre os fatos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h50

    -0,95
    3,151
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h50

    0,49
    70.351,71
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host