UOL Notícias Notícias
 

19/02/2010 - 20h33

Bolsas de NY digerem decisão do Fed e fecham em alta

Nova York - Os principais índices de ações do mercado norte-americano fecharam em leve alta, marcando o quarto dia seguido de ganhos. Contudo, a volatilidade no final da sessão, quando o Dow Jones e o Nasdaq escorregaram brevemente em território negativo, revelou que os investidores foram compradores cautelosos no último dia de uma semana que incluiu até mesmo uma inesperada decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de elevar a taxa de redesconto - taxa cobrada nos empréstimos de emergência.

As ações começaram o dia em baixa, com o mercado reagindo ao anúncio do aumento de 0,25 ponto porcentual para 0,75% na taxa de redesconto feito na noite de ontem pelo Fed. Contudo, por volta do meio-dia, as ações avançavam em território positivo, com os investidores interpretando o movimento como um voto de confiança no vigor dos bancos e na recuperação econômica mais ampla.

Esse otimismo econômico deu impulso às ações do setor industrial, com destaque para Boeing, que subiu 1,11%. O sentimento econômico também recebeu suporte da alta abaixo do esperado do índice de preços ao consumidor (CPI) em janeiro, com a primeira variação negativa do núcleo da inflação desde 1982, de 0,1%.

A gigante farmacêutica Pfizer subiu 1,47% reagindo às notícias de que a concorrente United Therapeutics vai retirar seu pedido de comercialização do seu medicamento para pressão alta Tyvaso na Europa. As ações da United Therapeutics caíram 2,1%. As ações da Dell caíram 6,65% depois de terem anunciado um declínio de 4,8% no lucro obtido em seu quarto trimestre fiscal.

O índice Dow Jones subiu 9,45 pontos (0,09%) e fechou com 10.402,35 pontos e encerrou a semana com ganho de 3%. O Nasdaq avançou 2,16 pontos (0,1%) e fechou com 2.243,87 pontos, com uma valorização de 2,76%. O S&P-500 subiu 2,42 pontos (0,22%) e fechou com 1.109,17 pontos, com um ganho de 3,13%. Na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse, na sigla em inglês), o volume somou 1,121 bilhão de ações negociadas, de 961 milhões de ações ontem. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host