UOL Notícias Notícias
 

22/02/2010 - 07h39

Bolsas da Ásia iniciam em forte alta; HK avança 2,4%

Tóquio - A maioria dos mercados asiáticos apresentou forte elevação nesta segunda-feira, recuperando as perdas do pregão de sexta-feira. Parte das bolsas da região acabou influenciada por Wall Street e pelos caçadores de barganhas. A exceção foi a China, que apresentou ligeira queda.

A Bolsa de Hong Kong foi capitaneada pelas ações dos pesos-pesados HSBC e China Mobile. O otimismo dos investidores sobrepujou a elevação da taxa de redesconto nos Estados Unidos. O índice Hang Seng subiu 483,25 pontos, ou 2,4%, e terminou aos 20.377,27 pontos.

Na primeira sessão de negociações após dez dias de feriado, as Bolsas da China fecharam em baixa, por conta das preocupações sobre a liquidez de crédito doméstico. O índice Xangai Composto caiu 0,5% e encerrou aos 3.003,40 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 0,1% e terminou aos 1.129,38 pontos.

No retorno do feriado do ano-novo chinês, os traders cortaram suas posições em dólar. Isso fez o yuan ter forte valorização, apesar de a moeda norte-americana ter apresentado ganhos na sexta-feira. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8264 yuans, abaixo do fechamento de 12 de fevereiro, que foi de 6,8330 yuans.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, também voltou às negociações em elevação, no encalço dos demais mercados regionais. O índice Taiwan Weighted subiu 1,6% e encerrou aos 7.560,04 pontos.

Na Coreia do Sul, investidores estrangeiros saíram à procura de pechinchas depois das baixas acentuadas da última semana e levaram o índice Kospi da Bolsa de Seul a uma alta de 2,1%, fechando aos 1.627,10 pontos.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney fechou na máxima de quatro semanas, com alta de 1,8% e total de 4.717,5 pontos.

Nas Filipinas, o índice PSE da Bolsa de Manila avançou 1,2% e terminou aos 3.015,59 pontos.

O índice Strait Times da Bolsa de Cingapura apresentou alta de 0,01% e fechou aos 2.757,46 pontos, não seguindo o otimismo dos demais mercados da região por conta de fortes vendas do setor imobiliário, após o governo revelar novas medidas, sexta-feira, para contes especulações no setor residencial privado, incluindo taxação a vendas de imóveis com menos de 12 meses de compra.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,4% e fechou aos 2.563,26 pontos, impulsionado por ganhos na maioria dos mercados asiáticos em sinais de melhoria do sentimento sobre as projeções da economia global.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, ganhou 0,8% e fechou aos 705,80 pontos com os ganhos nas bolsas regionais e dados maiores que os esperados do PIB do quarto trimestre. Mas muitos investidores permaneceram de lado devido a preocupações com as tensões políticas locais.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, avançou 0,7% e fechou aos 1.266,44 pontos, com o sentimento do mercado encorajado pela enxurrada de bons lucros corporativos e expectativas melhores que as esperadas de resultados dos pesos-pesados esta semana. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host