UOL Notícias Notícias
 

22/02/2010 - 18h31

Ibovespa segue NY e cai 0,61%; Petrobras avança

São Paulo - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) teve um início de semana sonolento, com um pregão apático no qual predominou, pelo menos à tarde, estabilidade e volume fraco. O índice Bovespa operou de olho nas Bolsas norte-americanas, com as ações da Petrobras e da Vale na gangorra: a primeira em alta e a segunda, em queda.

O Ibovespa terminou o dia em baixa de 0,61% aos 67.184,16 pontos. Na mínima, registrou 67.035 pontos (-0,83%) e, na máxima, os 68.120 pontos (+0,77%). No mês, acumula alta de 2,73% e, no ano tem perdas de 2,05%. O giro financeiro totalizou R$ 5,68 bilhões. Os dados são preliminares.

Segundo um operador de renda variável de uma corretora em São Paulo, a segunda-feira ainda foi "ressaca de carnaval", dado o ritmo lento dos negócios, sobretudo à tarde. No final da sessão, houve uma corrida às vendas e a mínima foi renovada, mas o movimento foi considerado técnico, acompanhando de perto Nova York.

Pela manhã, os investidores até gostaram do indicador divulgado nos Estados Unidos, assim como das notícias corporativas, e as Bolsas abriram em alta. O índice de atividade nacional do Federal Reserve Bank de Chicago subiu de -0,58 em dezembro para +0,02 em janeiro, atingindo o melhor nível desde maio de 2007. E, do noticiário, destaque para a compra da Smith pela Schlumberger, por US$ 11 bilhões; para o resultado da Constellation Energy e da varejista Lowe's. O dado e o noticiário, no entanto, não tiveram força para sustentar os ganhos e as Bolsas americanas acabaram virando com a proposta do presidente dos EUA, Barack Obama, para reforma do sistema de saúde.

O Dow Jones terminou a sessão em queda de 0,18%, aos 10.383,38 pontos, o S&P 500 recuou 0,10%, aos 1.108,01 pontos, e o Nasdaq terminou com variação negativa de 0,08%, aos 2.242,03 pontos. As Bolsas europeias também recuaram: o índice FTSE da Bolsa de Londres perdeu 0,11%, o índice Dax da Bolsa de Frankfurt caiu 0,59%, o índice CAC-40 da Bolsa de Paris recuou 0,34%, e o índice IBEX35 da Bolsa de Madri recuou 0,99%.

No Brasil, Petrobras ON subiu 0,73% e Petrobras PN avançou 0,87%. Hoje, o HSBC elevou a recomendação dos papéis da estatal de neutra para "overweight" (acima da média). Na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex, na sigla em inglês), o contrato futuro de petróleo com vencimento em março, que teve hoje seu último dia de negociações, subiu 0,44%, para US$ 80,16 por barril - a partir de amanhã o vencimento de referência no mercado futuro de petróleo passa a ser o de abril.

Vale ON caiu 1,92% e Vale PNA, -1,57%. A empresa assinou memorando de entendimentos para participar da licitação de hidrelétrica de Belo Monte em consórcio com a Andrade Gutierrez, a Neoenergia Investimentos e a Votorantim Energia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host