UOL Notícias Notícias
 

25/02/2010 - 20h40

Mãe se diz 'arrasada' após perder bebê durante briga

Campo Grande - "Estou arrasada", afirmou hoje Gislaine de Matos Rodrigues Santana, mãe do bebê que morreu durante o parto, enquanto dois médicos brigavam no Hospital Municipal de Ivinhema (a 345 quilômetros de Campo Grande), no Mato Grosso do Sul.

"Vi os dois médicos trocando tapas, enquanto estava sem forças até para gritar de dor que sentia no corpo e na alma. Pensei que ia morrer, mas sentia minha filha tentando nascer. Agora eu espero que o culpado pague o que fez. Minha filha nasceu morta por culpa deles, isso está escrito no atestado de óbito".

Ela está sendo acompanhada por médicos do Hospital Municipal de Ivinhema, e também psicólogos. A direção do hospital não se manifestou oficialmente e aguarda a conclusão das investigações policiais e do Conselho Regional de Medicina. Gilberto Cabreira, pai do bebê, é soldado do Corpo de Bombeiros e espera também ver "justiça nesse caso. Foi uma passagem horrível, um pesadelo, algo muito ruim mesmo".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h46

    -0,55
    63.736,10
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host